.posts recentes

. A Palhaçada

. o tempo da facilidade aca...

. Tugas amam os professores

. Professotra com filho com...

.arquivos

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008
A Palhaçada

Pensava eu que já tinha visto de tudo!

Ver coordenadores TIC a cantar músicas ao "Magalhães" sob as ordens de funcionários de empresas contratadas pelo ME foi algo que excedeu as minhas piores expectativas. Já se sabia que o governo conseguiu vergar toda a Administração Pública. Mas ver professores a participar em palhaçadas como esta ... É demais!!

publicado por J. às 02:46
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Setembro de 2008
o tempo da facilidade acabou

O primeiro-ministro, José Sócrates, criticou hoje a polémica sobre o número de professores excluídos dos concursos do Ministério da Educação, afirmando que "o tempo da facilidade acabou".

"Muitos gostariam que o Estado contratasse mesmo que não precisasse deles, mas não é essa a nossa visão. O tempo da facilidade acabou", disse o primeiro-ministro.

 

Numa sociedade tão carenciada culturalmente, com   níveis de iliteracia, assustadores com turmas de 30 alunos, com os professores sobrecarregados de trabalho, com a péssima preparação da maioria dos estudantes, quem dispensa 40 mil professores só pode ser irresponsável... E não  venha com a treta dos tostões. Para esse peditório já demos.

 

Será que o primeiro acha que os computadores podem substituir os professores?

publicado por J. às 21:57
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008
Tugas amam os professores


Os bombeiros, carteiros e professores são as profissões que merecem maior confiança dos portugueses, que dão nota negativa aos políticos e aos publicitários.
Entre as várias profissões em estudo, os portugueses avaliam de forma positiva o trabalho desenvolvido pelos bombeiros (94%), pelos carteiros (89%) e pelos professores da escola primária e secundária (89%).

No extremo oposto encontra-se a classe política, tendo apenas 14% dos portugueses inquiridos manifestado confiança nos governantes, enquanto os publicitários (40%), os empresários de grandes empresas (41%) e os banqueiros (46%) também merecem nota negativa no nosso País.

 


Eu também adoro os bombeiros... Adorava ter um em casa!

 

Fiquem muito surpreendida com o amor que os portugueses nutrem pelos professores...

Recordo-me de grandes discussões em torno desta classe.  Uma elevada percentagem da opinião publica, via os professores como pessoas que ganham muito e trabalham pouco.

Não compreendo esta mudança de opinião.

 

 

publicado por J. às 17:03
link do post | comentar | favorito
.Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. todas as tags

blogs SAPO
.subscrever feeds